Balneário Camboriú iniciará monitoramento da Pesca Artesanal.


Um projeto inédito e pioneiro para Santa Catarina está sendo colocado em prática em Balneário Camboriú. Com o objetivo de criar políticas públicas para o setor da pesca artesanal, o projeto que irá monitorar a atividade começa a ganhar força, através da seleção de monitores.

Serão escolhidas 82 pessoas para realizar o trabalho na costa catarinense que, até então, é realizado apenas na pesca industrial. O serviço, resumidamente, será o de realizar o levantamento estatístico de toda a atividade, fazer todas as anotações que irão dar característica à pesca artesanal no Estado. O projeto é resultado de um convênio (nº 064/2008) entre a Epagri - Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina e a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca – SEAP. Os admitidos não terão vínculo empregatício com a Epagri, e o contrato valerá por 13 meses, prorrogáveis pelo mesmo período.